Introdução

Neste artigo, vamos apresentar algumas estratégias de otimização para campanhas que utilizam estratégias Smart Bidding do Google Ads. Para isso vamos avaliar os lances de CPC definidos pelo próprio Google para suas palavras-chave.

Caso queira saber mais sobre todas os tipos de estratégias de lance disponíveis para Google Ads, dê uma olhada neste outro artigo do Blog.

Preparamos o seguinte vídeo explicando as otimizações de lance em campanhas Smart, cujo conteúdo está descrito neste artigo:

Lance de CPC em Campanhas Smart

Você já percebeu que algumas campanhas em Smart Bidding do Google, como Target CPA ou Target ROAS têm uma alta dispersão no Custo por Clique (CPC) dos termos de busca? É muito comum ver termos de busca com CPCs altíssimos, muitas vezes mais altos que o próprio CPA Desejado configurado para tal campanha.

A justificativa para esta variação é devido ao seu modelo de otimização. O Google identifica milhares de sinais do usuário e, ao entender que ele é muito qualificado, dá lances mais altos para atrair o clique e potencialmente gerar uma conversão. Entretanto, esse lance não é diretamente relacionado ao CPA ou ROAS desejado. 

Por isso, é comum que alguns termos de busca ultrapassem, e muito, a média de custo por clique da campanha. Em alguns casos, ultrapassando a própria meta CPA.

Vou mostrar um dos casos que motivou o desenvolvimento da automação da Pareto para permitir a configuração de um CPC máximo. Na tabela abaixo temos dados de uma campanha que utiliza a métrica de CPA desejado.

A campanha analisada neste exemplo tinha como CPA alvo o valor de R$280,47. Para este CPA, um clique com custo acima de R$ 500 não faria sentido, uma vez que precisaríamos do preenchimento de 2 contatos para se enquadrar dentro do planejado, ou seja, a taxa de conversão mínima de 200%.

Como é possível solucionar?

O Pareto Ads possui uma One-Click (automação com um clique) capaz de limitar o teto de CPC das Campanhas em Smart Bidding. Ou seja, vamos definir um valor máximo que estamos dispostos a ofertar por palavras-chave na campanha específica.

Esta é uma modificação que não fica disponibilizada diretamente na plataforma, sendo necessária a sua aplicação via API.

A inteligência da automação está no cálculo do valor do CPC. Para o cálculo,  foi utilizado o modelo estatístico de Intervalo Interquartil, limitando casos onde o CPC é um elemento fora da curva (outlier). Neste modelo, garantimos uma confiança estatística de 95%.

Abaixo, é possível ver a card One-Click gerada pelo Pareto Ads, com a sugestão de aplicação de um valor limite para o CPC da campanha.

Seguem as características da Card:

  • Não modifica o aprendizado da campanha;
  • Não impacta o inventário da campanha (redução média de parcela de impressão abaixo de 1%);
  • Confiança Estatística acima de 95%;

No caso apresentado acima, a economia aplicada com esta definição de limite máximo de CPC ficou acima de R$22 mil reais. Essa otimização permitiu um aumento de 6.000 cliques na campanha, sem alterações de orçamento.

Conclusão

Vemos que, com o uso de estratégias Smart Bidding do Google, é possível encontrar palavras-chave com um CPC muito acima da média da campanha e do valor esperado.

Por isso, surgiu a necessidade de ter um controle maior dos lances aplicados pelo Google. Assim, com a aplicação da otimização de limite máximo de CPC através do Pareto Ads, espera-se trazer economia e melhor alocação dos investimentos para sua campanha.

Se quiser saber mais sobre essa automação e como aplicar na sua conta de Google, contate seu Account Manager.

Bitnami