Skip to main content
Inteligência ArtificialSeleção do Editor

16 Exemplos de Inteligência Artificial Presentes no seu Dia a Dia

By agosto 11, 2022agosto 30th, 2022No Comments
exemplos de inteligencia artificial: imagem de uma tela de notebook cmostrando uma conversa de Chatbot e uma mulher passando atrás do computador

É notório que atualmente existem inúmeros exemplos de Inteligência Artificial no nosso cotidiano, desde sistemas de reconhecimento facial até sistemas mais complexos como mecanismos de busca de conteúdo.

Apesar de muitos casos passarem despercebidos, já é uma prática bastante adotada pelo mercado devido a sua importância. Neste artigo, vamos falar um pouco mais sobre os exemplos de Inteligência Artificial aplicados no dia a dia. Preparado? Então, vamos rumo ao aprendizado.

O que é Inteligência Artificial (I.A.)?

A Inteligência Artificial é uma tecnologia que permite a interação entre os diversos sistemas e faz com que eles aprendam através da experiência, percebam mudanças e se ajustem a elas.

As ações realizadas por um robô de Inteligência Artificial são similares a dos seres humanos, entretanto, com maior potencial de repetição, eficiência e agilidade.

Uma dificuldade que as empresas identificam ao implementar tecnologias para otimizar processos é encontrar soluções que se adequem a as suas realidades, que possam ser personalizadas de acordo com o objetivo do negócio. Por isso, antes de automatizar qualquer tarefa é importante avaliar se a solução possui Inteligência Artificial.

banner publicitário

Exemplos de Inteligência Artificial no Dia a Dia

Após conhecer o conceito e a importância da Inteligência Artificial na automação de processos e tarefas, confira alguns exemplos práticos da aplicação da tecnologia no nosso cotidiano.

1. Aplicativos de Rotas

Os meios de locomoção sofreram grandes mudanças nos últimos anos e, consequentemente, novas tecnologias foram implementadas para contribuir numa melhor experiência aos passageiros. Assim, aplicativos como Google Maps, Waze e Uber passaram a aderir a Inteligência Artificial em seus processos.

O Google Maps, por exemplo, possui um dos recursos mais poderosos do mundo com aplicação de I.A., a previsão de chegada no destino. Com isso, demais aplicativos de mobilidade utilizam dessa interface para exibir resultados de deslocamento e movimento dos passageiros, tudo isso em tempo real.

2. Assistentes Virtuais

A Inteligência Artificial vai muito além de otimizar uma tarefa ou processo, em alguns casos ela pode atuar junto com as assistentes virtuais, a exemplo da Siri, Cortana, Alexa e Google Assistente.

As técnicas de I.A. utilizadas por essas assistentes virtuais permitem que haja uma troca de informações e ações, ou seja, ao solicitar determinada demanda, a Inteligência Artificial valida todo o histórico de interação e vai se adaptando para entregar o resultado esperado. 

O melhor é que esses assistentes estão cada vez mais inteligentes, melhorando cada etapa do processo de tal forma que você não precisa mais ser tão específico com seus comandos como era há alguns anos, um exemplo é a identificação e filtro de ruídos de fundo que antes atrapalhavam o comando de voz.

3. E-mail

Atualmente, boa parte dos serviços de e-mail como Gmail e Outlook, utilizam Inteligência Artificial para identificar possíveis mensagens de SPAM e evitar que a caixa de entrada fique lotada.

Um filtro de spam, por exemplo, tem uma série de regras e algoritmos que minimizam a quantidade de spam que pode chegar até o usuário. Isso não apenas evita anúncios indesejáveis, mas também ajuda contra fraudes de cartão de crédito ou roubo de identidade.

Neste exemplo, a I.A. fica por trás do filtro de SPAM e usa metadados de e-mail para analisar palavras ou frases específicas.

4. Mecanismos de Buscas

O Google é um dos maiores exemplos de uso da Inteligência Artificial no segmento de buscas. Essa tecnologia permite que os resultados de busca apareçam cada vez com mais velocidade e que a ferramenta reconheça sinônimos, assuntos relacionados, semelhança entre sons das letras, etc.

Com isso, quanto mais as pessoas o utilizam, mais ele aprende sobre a intenção de busca e sobre o comportamento, possibilitando um cenário de melhoria para os usuários. Nos últimos anos, o Google introduziu alguns dos elementos de I.A. para melhorar a classificação dos sites.

E recentemente usa a I.A. para recomendar uma parte específica do vídeo com base em sua consulta de pesquisa. Assim, o Google sugere prontamente perguntas e respostas que podem ser do seu interesse e sugestões de pesquisa inteligentes abaixo do resultado da pesquisa.

5. Plataformas de Streaming

Você já parou para pensar em como as plataformas de Streaming conseguem aumentar a probabilidade de um usuário permanecer mais tempo utilizando os seus serviços?

Grande parte do sucesso de empresas, como Netflix, Deezer e Spotify são correlacionados ao sistema de recomendação de catálogos personalizados para os clientes, usando dados  e uso da Inteligência Artificial para que as indicações efetuadas tenham relevância.

Essas três plataformas levam em consideração o que você já viu e gostou. Elas aprendem essencialmente com os dados que você fornece e, em seguida, usam seu próprio banco de dados para fornecer o conteúdo que melhor atende às suas expectativas.

6. Reconhecimento Facial

O reconhecimento facial é um recurso oriundo de um projeto de Inteligência Artificial utilizado em diversos dispositivos, prezando pela segurança e comodidade. Nesse viés, é usado desde dispositivos móveis até sistemas mais complexos de Check-in em aeroportos.

E, claro, pense em desbloquear o telefone com o rosto, como o o Apple Face ID por exemplo. Bem, é preciso utilizar I.A. e aprendizado de máquina para funcionar. Na etapa de configuração, ele escaneia o rosto do usuário utilizando inúmeros pontos como marcadores para ajudá-lo a reconhecer o rosto de muitos ângulos diferentes.

Isso permite que o usuário desbloqueie seu telefone com o rosto em muitas situações e ambientes de iluminação diferentes e, ao mesmo tempo, evite que outra pessoa faça o mesmo.

7. Redes Sociais

As redes sociais possuem direcionamento de conteúdos e personalização por meio do uso de Inteligência Artificial. Elas efetuam o monitoramento do seu comportamento de navegação e sugerem amizades, tópicos e outros. Compreendendo em tempo real as tendências de cada pessoa.

O YouTube, por exemplo, usa dados como tags, dados demográficos como sua idade ou sexo, bem como os mesmos dados de pessoas que consomem outras mídia para combinar as sugestões de conteúdo mais indicadas para o seu perfil.

8. Teclado Inteligente

Os teclados inteligentes usam Aprendizado de Máquina nos seus algoritmos para identificar erros de linguagem, efetuar sugestões de correção textual e podem ser implementados em aplicativos de texto para ao longo do tempo se habituar à comunicação dos usuários.

Assim, tornaram-se um guia no estilo de escrita do usuário e prevendo palavras e emojis a serem utilizados. O que tornou mais rápido e conveniente as mensagens por texto.

9. Videogames

O uso da Inteligência Artificial no contexto  dos videogames tem crescido cada vez mais, com a demanda de experiências mais transformadoras e reais, a implementação da I.A. aliada a realidade aumentada e realidade virtual tem gerado resultados bem positivos.

Qualquer jogo de videogame tem algum tipo de elemento de I.A. Quando você está jogando um jogo como Fortnite, por exemplo, você começa essencialmente contra alguns bots com Inteligência Artificial e depois passa a jogar contra jogadores reais.

Até mesmo quando você está jogando um jogo de modo história para uma pessoa, você está jogando contra chefes de I.A.

Banner com a frase Ganhe Horas no seu Dia com I.A.

Exemplos de Inteligência Artificial nas Empresas

Depois de conferir diversos exemplos da Inteligência Artificial aplicada no dia a dia, separamos os principais exemplos práticos dessa tecnologia aplicada de forma estratégica nas empresas. Confira!

10. Atendimento ao Usuário

Com relação aos exemplos implementados no atendimento ao usuário, é perceptível compreender que os mais usuais são os Chatbots.

Por meio da interação do usuário com o chat, a I.A. executa a conversação baseado na configuração e informações inicialmente implementadas. Nesse viés, é possível agilizar a interação e escalar o atendimento.

Ao implementar Chatbots, as empresas podem liberar tempo da equipe para outras atividades e ainda obter informações importantes de seus clientes. Uma ótima alternativa em períodos de tráfego intenso, como Black Friday.

11. Bancos e Finanças

Os bancos e sistemas financeiros também podem se enquadrar como exemplo do uso de Inteligência Artificial quando se trata de otimização e automatização de processos. Tanto em análises do risco de crédito quanto baseado em assistentes virtuais, além das análises financeiras.

Além das garantias óbvias quando se trata de acessar sua conta bancária pelo telefone, os bancos usam I.A. e software de Aprendizado de Máquina para ler sua caligrafia, compará-la com a assinatura que você deu na agência antes e usá-la com segurança para aprovar um cheque, por exemplo.

Em geral, essas tecnologias aceleram a maioria das operações feitas por software em um banco. Tudo isso leva a uma execução mais eficiente das tarefas, diminuindo o tempo de espera e o custo da operação.

12. Gestão de E-commerce

Você já clicou em algum anúncio e ficou frustrado por não ter o produto de determinada cor, tamanho, dentre outros? Esse é um grande problema para os anunciantes de e-commerce.

Mas com o uso de I.A., é possível conectar o feed de produtos do e-commerce, identificar variações de cor, tamanho ou demais características e analisar a disponibilidade do produto em estoque. Assim, impedindo que os anúncios veiculem produtos com poucas opções em estoque.

Essa é uma automação da Pareto, chamada de Grade Furada, aplicável em Google Shopping e Remarketing Dinâmico do Google Ads e Meta Ads, que ajuda a economizar investimento dos nossos clientes, priorizando automaticamente os produtos com mais opções.

13. Gestão de Orçamento de Mídia

Se você trabalha com marketing e mídia paga, saiba que é possível automatizar o orçamento de mídia para todos seus clientes, em todos os canais com poucos cliques.

O Gestor de Orçamentos da Pareto analisará a performance das campanhas e ajustará o orçamento diário todos os dias, priorizando as campanhas com melhor performance. Inclusive, ela pode trocar orçamento entre campanhas do Google Ads e Facebook Ads.

Basta escolher o orçamento do mês, selecionar campanhas com o mesmo objetivo e pronto, a Tess, I.A. da Pareto, faz o trabalho duro por você. Ao priorizar o orçamento com as campanhas de melhor performance, o volume de conversões e vendas tendem a aumentar significativamente.

14. Marketing e Vendas

Outro exemplo de aplicação da I.A. no setor de marketing e vendas é o Gestor de Leads da Pareto, também conhecido como Lead Mapper, que atribui uma pontuação e separa automaticamente os leads qualificados dos desqualificados, otimizando as campanhas de mídia paga para leads com maior chance de virar cliente. 

Essa automação inteligente faz a integração com os dados do seu CRM, permitindo que você tenha visibilidade sobre o retorno real de cada campanha e anúncio de mídia paga. Podendo visualizar a receita e as vendas do seu CRM atribuídas diretamente para os anúncios na interface do Google Ads e Facebook Ads.

Assim, ao trabalhar com esta automação, você estará ampliando a zona de otimização das campanhas de mídia paga, com um foco exclusivo em resultados de leads qualificados. 

15. Recursos Humanos

Sobre a aplicação de Inteligência artificial no setor de recursos humanos, é evidente o grande potencial de contribuição para coletar dados, identificar os perfis dos inscritos em determinadas vagas, alinhando pessoas com maior fit cultural e conhecimentos técnicos desejados para a vaga.

O cruzamento das informações de comportamento de um candidato com as competências necessárias para a vaga já é em si um exemplo de uso da tecnologia, que ajuda a identificar se o candidato se encaixa na vaga disponível e se ele pode ter um desempenho positivo na empresa.

A Inteligência Artificial também tem um papel importante para a melhoria do clima organizacional. Um software de I.A. facilita a análise da pesquisa de clima, além de interpretar os dados obtidos, também gera relatórios com ações mais específicas para manter o engajamento dos colaboradores.

16. Segurança Digital

Para casos de segurança digital usando a Inteligência Artificial, comumente a base da implementação é correlacionada ao Deep Learning, para ensinar o sistema de modo automático com base nos dados atribuídos a ele.

Após os dados serem inseridos, é iniciado o processo de análise de padrões visando evitar ataques, sendo que esse ciclo se mantém em loop, visando otimizar a acurácia do sistema.

Nesse contexto, a I.A. tem a capacidade de analisar os comportamentos para criar novos gatilhos e, assim, reforçar a segurança. Tudo a partir da coleta de dados, que podem revelar anomalias no local de acesso, na maneira de digitar a senha, no ID do usuário, entre outras incoerências.

Como você pode perceber, somos impactados pela Inteligência Artificial diariamente. Seja usando smartphones, navegando na internet, enviando e-mails ou ouvindo músicas em plataformas de streaming, a I.A. está impactando nossas escolhas diárias.

Não é exagero prever que a tecnologia continuará a se desenvolver, crescer e se tornar cada vez mais importante para todos os setores nas empresas e em quase todos os aspectos de nossas vidas cotidianas, tornando nossa rotina mais fácil e produtiva!