Skip to main content

Quais são os tipos de estratégias de lance no Facebook?

Você conhece todas as estratégias de lance disponíveis em Facebook Ads? Sabe como otimizar as campanhas de seu negócio da forma adequada?

Então, depois de ler este guia, você poderá considerar os prós e os contras de cada estratégia de lance e entender melhor como isto impacta o desempenho geral das suas campanhas.

Assim como no Google, o Facebook também permite que os usuários escolham qual estratégia de lance utilizar em suas campanhas. Essa funcionalidade é fundamental para que a plataforma exiba anúncios para o público que tem a maior chance de atingir o objetivo de suas campanhas.

Antes de citarmos as estratégias disponíveis, é importante que você saiba que a forma pela qual você organiza o orçamento na campanha faz diferença. Caso você use o CBO, a estratégia de lance é definida a nível campanha. Caso não, ela é definida a nível grupo de anúncio.

Agora que você já sabe onde definir a estratégia de lance, você está pronto para conhecê-las. O Facebook Ads oferece três tipos de lance, que são: baseado em gastos, baseado em metas e manual.
Vamos conhecer sobre cada um deles?

Lances no Facebook Ads: Por que sua escolha importa?

As estratégias de lance do Facebook nos permite escolher alcançar os objetivos comerciais traçados por você, sejam aumentar as suas vendas, trazer mais tráfego para o seu site, conquistar novos clientes e mantê-los fiéis, bem como expandir sua marca. Neste outro artigo, você confere todos os tipos de campanhas disponíveis em Facebook/Instagram.

De acordo com a estratégia traçada, é importante sabermos escolher um método de lance adequado com o KPI do seu negócio, ou seja, o tornando mensurável e permitindo o melhor monitoramento e otimização para você. 

Ao escolher bem, você pode maximizar o seu investimento, escalar com eficiência suas campanhas e trazer um ROAS que faz sentido para o seu negócio hoje. Ou seja, maximizando sua lucratividade.

Como avaliar a melhor estratégia?

Para escolher a melhor estratégia de lance em Facebook Ads, você precisa compreender qual o objetivo principal do seu negócio, para assim conseguir identificar qual o seu objetivo principal na campanha específica. Por conseguinte, descobrirá o principal KPI do seu negócio.

Importante lembrar que seu negócio poderá (e em geral é o que mais acontece) ter campanhas com diferentes objetivos, de modo a contemplar todas as etapas da jornada de conversão do seu cliente.

 

Vejamos um Exemplo: Maria, é uma fornecedora de camisetas estampadas e deseja aumentar as suas vendas em seu e-commerce. Ou seja, aqui o seu principal objetivo é gerar conversões em Compras no site. Se ela desejar manter os custos baixos, o principal KPI será custo por compra, ou CPA. Entretanto, se o seu objetivo for maximizar o valor de compras (a receita), seu principal KPI será ROAS. No fim, o KPI é que irá definir qual a melhor estratégia para Maria.

OBS: A estratégia focada em CPA é mais indicada para Leads ou quando o preço do produto não varia muito. Em caso contrário, o foco em ROAS é o mais indicado.

 

O que são Lances e como se classificam

Um lance é o quanto você está disposto a pagar/investir no leilão do Facebook Ads para alcançar o resultado desejado em seu público alvo. O lance não é o custo de seu evento de otimização escolhido no momento de criação das suas campanhas.

O Facebook Ads três tipos de lance: baseado em gastos, baseado em metas e manual.

Lance Baseado em Gastos

Nessa estratégia de lance, a plataforma do Facebook Ads procura consumir todo o seu orçamento e obter o máximo de conversões ou valor de conversão (receita) possível.

Existem duas opções para essa estratégia:

Menor Custo:

Com essa estratégia você fará com que o Facebook procure o maior número de conversões, sem se preocupar com o valor dela

Valor mais Alto:

Já nessa estratégia, a ideia é que as conversões foquem em um valor mais alto. Por exemplo: caso seu negócio seja um e-commerce, o objetivo é anunciar para o público que tem a tendência de consumir o maior número de produtos com os maiores valores.

Essa opção é aconselhável para obter o maior volume possível de resultados e não ter necessidades rígidas de CPA, quando gastar todo o orçamento é uma alta prioridade e uma estratégia ideal quando os anunciantes não possuem um KPI ou objetivo claro em mente. 

Alguns cuidados: custos mais altos de CPM e CPA podem surgir, atenção ao que você está disposto a tolerar.

 

Lance Baseado em Metas

Nessa estratégia você vai definir o quanto você deseja pagar por uma conversão ou, então, o retorno que deseja obter. São essas as opções disponíveis:

1. Limite de Custo:

Usando esta estratégia, você define um valor limite para cada conversão. Por exemplo: caso queira captar leads, você pode definir o quanto deseja pagar por cada um. Essa opção é aconselhável para manter o CPA em níveis determinados previamente ou abaixo dele, independente de variações mercadológicas. 

Alguns cuidados: Nesta escolha de lances o gasto pode ser menor do que usar o custo mais baixo. Se as metas de CPA não forem rígidas e se você se importa mais com o gasto de seu orçamento, experimente o custo mais baixo.

É importante lembrar que aqui as campanhas podem demorar mais tempo para sair do aprendizado do que se usada outras estratégias. Os custos, durante esse período, podem exceder seu limite. No entanto, a veiculação deve se estabilizar depois dessa fase. 

2. ROAS Mínimo (Retorno Sobre o Investimento em Anúncios):

Trabalhando o ROAS mínimo você define o quanto deseja ter de retorno naquela campanha. Por exemplo. Se você quiser gastar R$ 500,00 na campanha, e ter pelo menos R$ 550,00 em compras, defina o controle de ROAS em 1.100.

Essa opção é aconselhável para manter um equilíbrio entre investimento em publicidade e a obtenção de retorno. Aqui você tem mais controle sobre o valor de compra do que você gera a partir de anúncios do que sobre o lance de valor mais alto.

Alguns cuidados: Se o Facebook não conseguir alcançar o seu limite mínimo de ROAS a veiculação pode ser interrompida. Se o gasto é mais importante  do que gerar um ROAS específico, considere usar o lance de valor mais alto.

 

Observação: Usando as estratégias de lance baseadas em metas, você corre o risco de não consumir todo o orçamento alocado na campanha.

 

Lance Manual

Por fim, a última estratégia é a de lance manual, onde você controla o quanto está disposto a dar de lance nos leilões de anúncios. Existe uma única opção, que é a seguinte:

  • Limite de Lance:  com o limite de lance, você irá definir o lance máximo a ser oferecido nos leilões, impedindo que o Facebook faça o lance automaticamente de acordo com o orçamento disponível. Essa opção é aconselhável para os anunciantes que usam os lances internos ou modelos de LTV. Essa opção ajuda a controlar o valor de lance que o Facebook pode fazer em leilões.

    Observação: Não controla o CPA observado nos relatórios e exige alterações frequentes. 

Conclusão

Neste artigo aprendemos que não existe uma estratégia de lance certa para todas as campanhas. Isso vai depender do seu objetivo com cada uma delas.

Uma dica importante: caso sua campanha não tenha histórico, dê liberdade para a plataforma conhecer o seu público, para assim aprender sobre o custo ou retorno potencial de seu público.

Quer saber mais como as estratégias de lance podem melhorar a performance de suas campanhas? Então entre em contato com nossa equipe, que te contaremos sobre como aplicar as estratégias em suas campanhas.

 

Aproveite para conferir estes outros artigos que separamos para você:

5 Boas Práticas para Públicos de Interesse no Facebook

Facilite a Gestão de Orçamentos de Google Ads e Facebook Ads com IA

Bitnami