Skip to main content
Inteligência Artificial

Principais Tendências da Inteligência Artificial para 2023

By setembro 18, 2023dezembro 14th, 2023No Comments
Tendências Inteligência Artificial: Jovem com uma camisa branca olhando para o seu smartphone

A aplicação da Inteligência Artificial tem crescido muito nos últimos anos e continua a evoluir rapidamente. A IA transcendeu seu status de promessa futurista para se tornar uma realidade tangível com aplicações práticas que abrangem desde a assistência em tarefas diárias até avanços científicos.

À medida que mergulhamos nesse panorama em constante evolução, descobrimos como essa tecnologia está redefinindo a maneira como vivemos, trabalhamos, produzimos e até mesmo cuidamos de nossa saúde.

E para os próximos anos pode se esperar diversas novidades que prometem ser de grande valor e utilidade para as empresas e para atividades diárias das pessoas. Confira algumas tendências já mapeadas em 2023!

Conheça 9 Tendências da Inteligência Artificial em 2023

No ano de 2023 foram desenvolvidas diversas ferramentas de inteligência artificial. Uma das mais conhecidas é o tão falado Chat GPT, que foi lançado em 2022, mas tomou força durante esse ano. 

Mas as tendências da inteligência artificial vão muito além do Chat GPT, elas se expandem para diversos setores e aplicações. Para entender melhor, confira a lista de tendências de IA que separamos para você!

1. Segurança da Informação

Nos últimos anos, o mundo presenciou um grande aumento no volume de ciberataques e por isso a segurança da informação tornou-se um fator primordial para todas as empresas. 

Com o avanço das IAs é esperado que elas sejam utilizadas em suas bases, com o intuito de cuidar dos dados dos clientes e também os dados da própria empresa, gerindo seu dataset em diversas aplicações conforme listamos abaixo.

  • Detecção de Ameaças: os algoritmos de IA são usados para analisar padrões de tráfego de rede e comportamento de sistemas, identificando rapidamente atividades suspeitas e ameaças cibernéticas, como malware e ataques de negação de serviço (DDoS);
  • Prevenção de Fraudes: a IA é empregada na análise de transações financeiras e comportamentos de usuários para detectar atividades fraudulentas em tempo real, ajudando a proteger contas e informações pessoais;
  • Análise de Malware: os sistemas de IA podem analisar automaticamente arquivos em busca de assinaturas de malware conhecidas e também identificar ameaças emergentes por meio da análise de comportamento de programas;
  • Autenticação Biométrica: a tecnologia é usada para autenticar usuários com base em impressões digitais, reconhecimento facial, íris e outras características biométricas, tornando os sistemas mais seguros do que senhas tradicionais;
  • Detecção de Intrusões: os sistemas de detecção de intrusões baseados em IA monitoram a rede em busca de atividades anormais e intrusões, fornecendo alertas em tempo real para a equipe de segurança;
  • Análise de Logs e Anomalias: os algoritmos de IA podem analisar grandes volumes de logs de sistemas em busca de anomalias, ajudando a identificar eventos de segurança não autorizados ou incomuns;
  • Gestão de Identidade e Acesso: nesta caso a IA ajuda a controlar o acesso a sistemas e dados, garantindo que apenas pessoas autorizadas tenham permissão para acessar informações sensíveis;
  • Automatização de Resposta a Incidentes: a tecnologia pode automatizar a resposta a incidentes de segurança, ajudando a isolar ameaças, aplicar correções e mitigar ataques em tempo real;
  • Aprimoramento de Firewalls e Filtros de Conteúdo: os algoritmos de IA podem aprimorar a eficácia dos firewalls e sistemas de filtragem de conteúdo, bloqueando ameaças conhecidas e desconhecidas com maior precisão;
  • Análise Comportamental de Usuários: a IA também monitora o comportamento de usuários para identificar atividades incomuns ou suspeitas que possam indicar uma ameaça interna.

2. Avatares Digitais como Atendentes Virtuais

O uso de avatares digitais para o atendimento já é uma realidade atualmente. Esse tipo de atendimento aproxima mais o consumidor da empresa, fazendo com que ele se sinta à vontade e a interação ocorra de uma forma similar a realidade. 

As empresas têm utilizado os seus avatares com o controle de uma pessoa real, mas a tendência é que em pouco tempo esses avatares desenvolvam sua própria inteligência e parem de ser dependentes do controle humano. 

Por exemplo, esses avatares digitais são capazes de realizar análise de sentimento através dos algoritmos de IA que analisam o sentimento das conversas com os atendentes virtuais, ajudando a identificar potenciais preocupações ou problemas de segurança.

Eles também podem ser aplicados para dar resposta às perguntas de segurança! Os atendentes virtuais podem usar IA para responder a perguntas de segurança, como “Qual é o nome do seu primeiro animal de estimação?”, aumentando a proteção de contas e informações pessoais.

3. Criação de Imagens por Inteligência Artificial

 A criação de imagens é outra tendência fantástica da Inteligência Artificial, uma ação simples de ser executada e que não requer conhecimento de ferramentas de designer. Basta fornecer alguns comandos simples, como uma frase ou um tema e as plataformas de IA geram a imagem para você!

Além da geração de imagem a IA pode executar inúmeros recursos para trabalhar a parte gráfica das imagens, selecionamos os principais para você conferir abaixo.

  • Geração de Conteúdo: os algoritmos de IA, como redes generativas adversariais (GANs), podem criar imagens totalmente novas a partir de dados de treinamento, abrangendo desde arte até fotografia realista;
  • Edição de Imagens: os aplicativos e softwares de edição de imagens usam IA para aprimorar automaticamente fotos, remover imperfeições, ajustar cores e até mesmo criar efeitos especiais;
  • Restauração de Imagens Antigas: outra aplicação da IA é para recuperar e restaurar imagens antigas, removendo ruídos, restaurando detalhes e cores desbotadas;
  • Aprimoramento de Resolução: aqui os algoritmos de IA podem aumentar a resolução de imagens, tornando-as mais nítidas e detalhadas;
  • Conversão de Estilo: a tecnologia pode aplicar o estilo de uma imagem a outra, permitindo que uma foto seja transformada no estilo de uma pintura famosa, por exemplo;
  • Criação de Personagens e Objetos: os algoritmos de IA podem gerar personagens, objetos e cenários para jogos, animações e simulações;
  • Design Gráfico: a IA ajuda a automatizar o design gráfico, criando logotipos, layouts e elementos visuais com base em preferências e requisitos do usuário;
  • Animação: outra funcionalidade da IA é a de gerar animações complexas de personagens e objetos, economizando tempo e recursos de produção.

Artigos relacionados:

🧑‍🚀 Dicas de Prompts para Criar Imagens Incríveis com a Tess AI

💻36 Prompts Para Criar Imagens Incríveis com a Tess AI, a IA da Pareto

4. Reconhecimento de Fala

Utilizamos no nosso dia a dia a Alexa e a Siri que já executam diversas tarefas em conjunto com a automação de alguns aparelhos eletrônicos utilizando o reconhecimento de falaA tendência é que cada vez mais tarefas desse tipo possam ser realizadas integrando a Inteligência Artificial.

As aplicações de IA no reconhecimento de fala melhoram a eficiência, a acessibilidade e a interação entre humanos e máquinas, tornando a comunicação por voz uma parte integrante da vida cotidiana e dos negócios modernos. Confira algumas delas!

  • Transcrição Automática: os algoritmos de IA transcrevem automaticamente o discurso em texto, tornando as gravações de áudio pesquisáveis e acessíveis;
  • Assistentes Virtuais: os assistentes de voz, como Siri, Alexa e Google Assistant, usam IA para entender e responder às instruções e perguntas dos usuários;
  • Tradução de Idiomas: a tecnologia traduz automaticamente o discurso de um idioma para outro, facilitando a comunicação em diferentes línguas;
  • Legendagem de Vídeos: os algoritmos de IA também podem adicionar legendas automáticas a vídeos, tornando o conteúdo mais acessível a pessoas com deficiência auditiva;
  • Comandos de Voz em Dispositivos Inteligentes: a IA permite o controle de dispositivos como smartphones, carros e eletrodomésticos por meio de comandos de voz;
  • Atendimento ao Cliente: os chatbots e sistemas de atendimento virtual usam reconhecimento de fala para entender e responder às consultas dos clientes.

Banner da plataforma Tess AI

5. Metaverso

O Metaverso utiliza de diversas tecnologias para criar um ambiente virtual muito similar a um ambiente real. Esse universo virtual é muito promissor principalmente para o setor corporativo, pois vai possibilitar a reunião de pessoas de diversos lugares do mundo em um mesmo lugar.

As aplicações de IA no metaverso têm como objetivo criar experiências virtuais mais envolventes, seguras e personalizadas, promovendo a interação e a colaboração entre os participantes desse ambiente digital tridimensional.

Segundo previsão da Gartner, até 2027 cerca de 40% das grandes organizações utilizem as tecnologias do Metaverso.

  • Avatar Inteligente: quando a IA é usada para criar avatares virtuais realistas que podem interagir com usuários de maneira natural, entendendo e respondendo às suas ações e comandos;
  • Conteúdo Gerado por IA: os algoritmos de IA geram automaticamente ambientes, objetos e conteúdo dentro do metaverso, expandindo continuamente o mundo virtual;
  • Tradução de Idiomas em Tempo Real: a tecnologia traduz automaticamente a fala e o texto de um idioma para outro, facilitando a comunicação em um metaverso global;
  • Reconhecimento de Gestos e Expressões: a IA também reconhece gestos e expressões faciais dos avatares, permitindo uma interação mais rica e imersiva;
  • Personalização de Experiência: os algoritmos de IA analisam o comportamento do usuário para personalizar a experiência no metaverso, oferecendo conteúdo e interações relevantes;
  • Segurança e Moderação: ocorre quando a IA é usada para monitorar e moderar o comportamento dos usuários, detectando atividades inadequadas, discurso de ódio e comportamento abusivo;
  • Assistentes Virtuais no Metaverso: os assistentes virtuais baseados em IA oferecem suporte e orientação aos usuários enquanto navegam pelo metaverso;
  • Inteligência Coletiva: quando os algoritmos de IA coletam e analisam dados de usuários para criar modelos comportamentais e prever tendências dentro do metaverso.

6. Dados em Tempo Real

Aqui temos um dos usos mais interessantes e importantes da IA para empresas. O tratamento de dados em tempo real permite uma maior facilidade de realização de análises preditivas assertivas, além de possibilitar uma grande economia de tempo. 

Através da tecnologia Machine Learning a IA consegue processar milhares de dados e identificar com grande assertividade a possibilidade de determinados eventos acontecerem. Veja alguns exemplos!

  • Análise em Tempo Real: os algoritmos de IA analisam dados em tempo real, identificando tendências, anomalias e insights instantaneamente;
  • Manutenção Preditiva: além de realizar análises em tempo real, os algoritmos de IA também analisam dados de sensores em tempo real para prever falhas em equipamentos e realizar manutenção preventiva;
  • Tomada de Decisões em Tempo Real: outra função dos algoritmos de IA é ajudar a automatizar decisões em tempo real em setores como finanças, comércio eletrônico e logística;
  • Previsão de Demanda: ocorre quando a IA analisa dados de mercado e históricos para prever a demanda por produtos e serviços, otimizando a oferta em tempo real.

7. Super-aplicativos

Os super-aplicativos são aplicativos que contêm diversas funcionalidades. Um exemplo de super app é a possibilidade de fazer transferências bancárias dentro de um aplicativo de mensagem, não sendo necessário ir para o aplicativo do banco.

Um outro exemplo de super app é o Nubank, que além das funcionalidades de um banco digital, também opera como uma corretora de valores e de criptomoedas, permitindo a negociação de ativos da bolsa e criptomoedas.

Confira alguns exemplos de como a IA tem sido aplicada em super-aplciativos!

  • Recomendações Personalizadas: a IA analisa o comportamento do usuário para oferecer recomendações de serviços, produtos e conteúdo adaptados às preferências individuais;
  • Otimização de Rotas e Entrega: os algoritmos de IA são usados para calcular rotas mais eficientes e prever horários de entrega em serviços de transporte e entrega de alimentos;
  • Análise de Dados de Pagamentos: ocorre quando a IA é aplicada na detecção de fraudes em transações financeiras, garantindo a segurança nas transações realizadas pelo aplicativo;
  • Tradução de Idiomas: nesse caso, a IA oferece tradução instantânea em aplicativos que atendem a uma base de usuários global, eliminando barreiras linguísticas.

8. Democratização: IA Low-code e No-code

A tendência é que o desenvolvimento de sites e aplicativos através de Low-code e No-Code sejam transferidos para a IA, permitindo que as organizações personalizem esses sistemas inteligentes por meio de modelos pré-construídos e métodos de arrastar e soltar (drag-and-drop).

Essas ferramentas de IA Low-code e No-code estão de fato democratizando o acesso à tecnologia de IA, permitindo que um espectro mais amplo de pessoas e empresas aproveite as vantagens da inteligência artificial em suas operações e inovações.

  • Acessibilidade: as plataformas Low-code e No-code baseadas em IA permitem que pessoas com pouca ou nenhuma experiência em programação criem aplicativos e soluções de IA de forma acessível;
  • Agilidade: essas ferramentas aceleram o desenvolvimento de soluções de IA, permitindo que empresas e indivíduos criem rapidamente aplicativos e automações personalizadas;
  • Redução de Barreiras Técnicas: a IA Low-code/No-code elimina a necessidade de conhecimento profundo em programação ou ciência de dados, tornando a tecnologia mais acessível a um público mais amplo;
  • Soluções Específicas para Problemas: facilita a criação de soluções de IA direcionadas a problemas específicos em diversos setores, sem a necessidade de equipes de desenvolvimento altamente especializadas;
  • Redução de Custos: a democratização da IA através de Low-code e No-code pode reduzir significativamente os custos de desenvolvimento, eliminando a necessidade de contratar desenvolvedores caros.

9. Gêmeo Digital

Um Gêmeo Digital é uma réplica digital de um produto ou processo do mundo real. Com a utilização da I.A, empresas criam modelos virtuais para automação, possibilitando prever o desempenho de um produto no mundo físico.

Com a ajuda da inteligência artificial, o Gêmeo Digital desempenha um papel crucial na simulação, análise e otimização de sistemas e processos do mundo real, proporcionando uma representação virtual precisa que impulsiona a eficiência, a inovação e a tomada de decisões informadas.

Confira algumas aplicações da IA na tecnologia Gêmeo Digital!

  • Simulações Precisas: a IA é usada para criar modelos e simulações altamente precisos do mundo real, permitindo que o Gêmeo Digital reproduza com fidelidade ambientes, sistemas e processos;
  • Otimização e Previsão: os algoritmos de IA analisam dados em tempo real e históricos para otimizar operações, prever falhas em sistemas e melhorar a eficiência;
  • Controle e Automação: quando a IA permite o controle automatizado de processos e sistemas no Gêmeo Digital, otimizando a tomada de decisões em tempo real;
  • Treinamento de Inteligência Artificial: o Gêmeo Digital serve como ambiente de treinamento para algoritmos de IA, permitindo que aprendam e se aprimorem antes de serem implementados no mundo real;
  • Análise de Impacto: a IA auxilia na análise do impacto de mudanças e decisões em um sistema ou processo antes que essas mudanças sejam efetivadas;
  • Testes Virtuais: o Gêmeo Digital permite testar produtos, sistemas e cenários em um ambiente virtual, economizando tempo e recursos.

Conclusão

As tendências da inteligência artificial prometem continuar sua trajetória de transformação em diversos setores, desde a saúde até a indústria e o entretenimento.

À medida que a tecnologia evolui, uma conclusão clara emerge: a IA já não é mais uma mera promessa do futuro, mas uma realidade inegável e em constante expansão!

Com essa realidade, a acessibilidade e a democratização da IA tornam-se cada vez mais proeminentes. Plataformas Low-code e No-code, alimentadas por algoritmos de IA, estão capacitando indivíduos e empresas a explorar e aplicar a IA em suas operações, independentemente de conhecimento técnico profundo.

Para se aprofundar mais no tema veja também nosso artigo sobre Aplicações da Inteligência Artificial no Marketing e entenda como a inteligência artificial no marketing pode melhorar significativamente os  resultados e muitos negócios!

Curtiu este artigo?

0 / 5 4 1

Your page rank:

Pareto

Author: Pareto - Conheça mais sobre o universo das IAs e do Marketing Digital. Acesse já o nosso acervo de conteúdos!