Skip to main content
Marketing

15 Indicadores de Marketing Digital para Medir o Sucesso da Sua Estratégia

By junho 18, 2019maio 11th, 2022No Comments
indicadores de marketing: imagem em formato de desenho de duas pessoas analisando dados de um painel como se fosse um termômetro

Os indicadores de marketing são ferramentas indispensáveis para qualquer estratégia de negócio.

Isso porque eles permitem conhecer a fundo como as campanhas que estão performando e fornecem dados valiosos sobre o negócio e o público, além de proporcionarem uma base sólida para otimizações.

Existem inúmeros indicadores de marketing, cada um voltado a um aspecto diferente de estratégias diversas. Continue lendo, entenda o que são Indicadores Chaves de Performance (KPIs) e conheça os 15 principais para sua estratégia.

O que são KPIs?

A sigla KPI significa Key Performance Indicator, ou em português, Indicador Chave de Performance e serve para avaliar se determinadas ações de marketing estão performando conforme esperado.

Através desses indicadores, é possível encontrar oportunidades de melhorias e falhas de execução para corrigi-las a tempo de atingir os objetivos de uma campanha.

Analisar os KPIs de marketing é fundamental para mensurar o retorno das ações, com base nessa análise é possível mudar a rota ou dar direcionamento para a estratégia como um todo.

Diferença entre Métricas e Indicadores

As métricas e os indicadores ajudam no posicionamento da gestão para tomada de decisões estratégicas na empresa.

Ambos ajudam a atingir os resultados estabelecidos no plano de marketing. Porém, podemos dizer que as métricas estão em um nível operacional e os indicadores em um nível tático.

Por exemplo, as métricas são medidas em valores e quantidades, já os indicadores são medidas calculadas, normalmente, representadas por percentual com uma visão mais ampla e direcionada.

Banner com a frase Avance em Mídia Paga com o Guia de Otimização da Pareto

15 Principais Indicadores de Marketing Digital

Confira quais são os 15 principais indicadores de marketing digital para avaliar o desempenho das suas estratégias online.

ROI

A sigla ROI significa Retorno Sobre o Investimento. Esse indicador mostra o quanto a empresa está tendo de lucro ou prejuízo com um investimento realizado. O ROI engloba vários gastos, inclusive fora do marketing digital, ele expressa uma visão geral da saúde financeira da operação.

Ticket Médio

O ticket médio é quanto cada cliente gasta, em média, na loja virtual. Esse indicador é calculado dividindo o faturamento (receita) pelo número de vendas em um período de tempo. Se um e-commerce faz 800 vendas em um mês, faturando 100 mil, por exemplo, o ticket médio durante esse período será de R$ 125.

Taxa de conversão

Converter significa transformar simples visitantes em leads. Ou seja, oferecer algo em troca dos seus dados de contato para que você possa continuar guiando-os pelo funil. A taxa de conversão indica, justamente, quantos clientes você consegue converter através das suas estratégias.

O Google Ads também possui um indicador de conversões. A taxa de conversão, nesse caso, indica o número médio de conversões por interação com o anúncio. Isto é, quantas pessoas que clicaram no seu anúncio realmente compram um produto ou assinaram a sua newsletter, por exemplo.

Taxa de rejeição

Também conhecida como bounce rate, a taxa de rejeição aponta o percentual de sessões de uma única página. Isto é, os visitantes que iniciaram uma sessão entrando em uma página do seu site, mas que por algum motivo não interagiram e saíram dele.

CTR (Taxa de Cliques)

Já a taxa de cliques (CTR) indica a proporção entre os cliques no seu anúncio e o número de vezes que ele foi visto. Ou seja, é a divisão do número de cliques pelo de impressões. Em um anúncio com 5 cliques e 100 impressões, por exemplo, teremos um CTR de 5%.

CPC (Custo por Clique)

O CPC, Custo por Clique, é quanto você paga por cada clique que o seu anúncio recebe. No Google Ads e em outras plataformas, você pode definir um valor máximo de CPC. Porém, na maioria das vezes paga um valor inferior, conhecido como CPC real, calculado sobre vários critérios.

CPM (Custo por Mil Impressões)

O CPM, ou Custo por Mil Impressões, é uma alternativa de cobrança ao CPC. Com ele, ao invés de pagar por cliques, você paga sempre que o seu anúncio for exibido mil vezes. O que pode ser interessante a depender da sua estratégia.

Quantidade de Leads

Um lead é, basicamente, qualquer consumidor que tenha demonstrado interesse nos produtos e/ou serviços que você oferece, seja assinando a sua newsletter ou baixando um ebook em troca dos seus dados de contato. Assim, esse indicador aponta a quantidade de leads que o seu negócio possui.

SQL (Sales Qualified Leads)

Nenhum lead é um cliente garantido. Ele só será um cliente depois de atravessar todo o funil de vendas até o estágio final: o de compra. A leads nesse estágio dá-se o nome de Sales Qualified Lead (SQL), ou seja, lead qualificado para venda. E esse indicador aponta justamente quantos leads SQL o seu negócio possui.

Lifetime Value

Já o Lifetime Value, em português “valor do tempo de vida do cliente”, é uma projeção de quanto em receita e lucros futuros um cliente pode gerar para o e-commerce durante toda a sua vida. O cálculo desse indicador é mais complexo, pois uma série de aspectos precisam ser levados em consideração. Entre eles, o valor e recorrência de compras.

Custo por Conversão (CPA: Cost per Acquisition)

Já o Custo por Conversão (CPA), aponta, em média, quanto cada conversão custa ao seu negócio. Esse indicador está disponível no Google Ads, Facebook Ads e em outras plataformas.

ROAS

ROAS é um acrônimo para Return on Advertising Spend, em português, Retorno de gastos com anúncios. É como um ROI exclusivo para Ads. Assim, ele indica, basicamente, qual tem sido o retorno das estratégias de mídia paga utilizadas pelo e-commerce.

Origem do tráfego

Mostra o ponto de origem do usuário, ou seja, de onde os visitantes vieram e quais referências são as mais valiosas para o seu site ou loja on-line.Esse indicador fica disponível, normalmente, nas plataformas de analytics.

Receita

A receita de um e-commerce compreende tudo aquilo que o negócio fatura em um determinado período de tempo. Ou seja, é tudo aquilo que entra de dinheiro a partir da venda dos produtos. É importante não confundir com lucro, pois este se trata da receita menos as despesas.

Transações

O indicador de transações aponta o número de transações financeiras eletrônicas que o e-commerce realiza em um determinado período de tempo. Isto é, todas as vendas que são feitas independentemente do meio de pagamento utilizado pelo comprador.

Apesar de parecerem muitos, esses são apenas alguns dos muitos indicadores disponíveis no marketing digital para você acompanhar e analisar suas estratégias. Mas é importante saber que você não precisa de todos eles.

O ideal é que você escolha aqueles que melhor se encaixam no seu tipo de negócio, campanhas realizadas e estratégias utilizadas.

Confira estes outros artigos do nosso Blog que podem te interessar:

Funil de Marketing Digital: O que é e como otimizá-lo?
Por que investir em topo de funil com mídia paga?
7 Formas de investir no topo do funil de marketing com a Pareto

Bitnami