Skip to main content
MarketingSeleção do Editor

Princípio de Pareto: O Que É a Regra 80/20 e Como Aplicá-la no Marketing

By setembro 8, 2022No Comments
principio de pareto: imagem de quatro mulheres em uma sala de reunião debatendo sobre números exibidos em um flip chart

Se você tem bastantes atividades para fazer no dia e não sabe por onde começar, o Princípio de Pareto, também conhecido como Regra 80/20, pode te ajudar.

Este princípio é utilizado em vários setores e empresas para ajudar a determinar as tarefas prioritárias que geram maior impacto para aumentar a produtividade e os lucros.

No Marketing, tornou-se uma ferramenta extremamente importante para buscar uma melhor gestão de tempo e recursos nas estratégias e ações do setor.

O Que é Princípio de Pareto?

O Princípio de Pareto, também conhecido como a regra do 80/20, é uma teoria que afirma que cerca de 80% dos efeitos são gerados por apenas 20% das causas. Por exemplo:

  • 80% do faturamento vem de 20% dos clientes;
  • 80% das reclamações são feitas por 20% dos usuários;
  • 80% das vendas são provenientes de 20% dos produtos;
  • 20% dos vendedores ganham 80% das comissões;
  • 80% das suas conversões são geradas do esforço de 20% das suas páginas;
  • 20% da sua dedicação ao trabalho é responsável por 80% do seu desempenho.

A partir dessas premissas que se fundamenta o Princípio de Pareto. Pode parecer muito estranho, caso você ainda não tenha tido contato com essa regra.

No entanto, ela é uma das relações mais frequentes e utilizadas, seja nos negócios ou na vida pessoal, quando analisamos a padronização entre a causa e o efeito. 

No Pareto Ads, por exemplo, na área de Keyword Monitor, trazemos o histórico dos últimos 30 dias das principais palavras-chave da conta e usamos o Princípio de Pareto para selecionar os 20% das palavras que representam 80% da performance da conta.

Inspirado no Princípio de Pareto, buscamos evidenciar essa proporção de que 80% dos resultados são gerados por apenas 20% das causas.

Automatizando processos repetitivos e recuperando o tempo perdido, queremos que as pessoas concentrem nos 20% de esforço que geram os 80% do resultado.

banner publicitário

Como Surgiu o Princípio de Pareto?

O Princípio de Pareto, na verdade, é um conceito bem antigo que teve seu início, propriamente dito em 1896, com os estudos do sociólogo e economista italiano Vilfredo Pareto.

Ele buscava encontrar uma proporcionalidade entre causa e efeito no contexto da desigualdade italiana da época.

E dentre várias descobertas, Pareto percebeu que havia uma relação recorrente de causa e efeito, sendo observada pela primeira vez em seu jardim, pois apenas 20% das vagens produziam cerca de 80% das ervilhas.

Ao fim do estudo, em 1906, ele publicou um artigo relatando também que 80% das terras do país pertenciam a apenas 20% da população. 

A lógica por detrás do Princípio de Pareto foi acionada a uma série de situações e obteve sucesso com regularidade. Iniciada na economia, ela migrou para outros campos como  ciência, computação, esporte, saúde, segurança e muitos outros.

No entanto, somente em 1940, o princípio foi reconhecido formalmente com os estudos do consultor de negócios, Joseph Moses Juran, que passou a implementar a teoria dentro do ambiente corporativo.

Como Aplicar a Regra 80/20 no Marketing?

Não é difícil imaginar uma situação em que mais de 80% dos resultados de campanhas de Facebook Ads venham de um ou dois anúncios, pois é bastante comum.

E essa relação frequente nos mostra que o marketing digital também está refém do Princípio de Pareto, e que sua aplicação se torna indispensável para potencializar resultados e promover ações com mais foco naquelas que trazem maior retorno.

O conceito se aplica em diversas situações de gestão de marketing, inclusive no digital. Com uma imensa variedade de redes sociais e canais de divulgação de conteúdos que existem hoje, estabelecer a Regra do 80-20 no dia a dia é fundamental.

Caso contrário, corre-se o risco de fazer muito esforço para algo que não vai dar retorno, enquanto aquilo que precisa de mais atenção ficará, erroneamente, em segundo plano.

Nesse contexto, o Princípio de Pareto pode ser expressado em dados como:

  • 80% das vendas online também estão relacionadas a 20% dos produtos disponíveis;
  • 80% dos seus visitantes vem de 20% das suas palavras-chave;
  • 80% do tráfego é gerado por 20% dos posts;
  • 80% dos leads são gerados por 20% dos conteúdos publicados;
  • 80% do engajamento é gerado por 20% da audiência.

No entanto, é importante frisar que o Princípio de Pareto somente será uma ferramenta eficaz caso venha acompanhada de um plano de ação.

Por isso, diante do conceito de que 80% dos resultados são provenientes de 20% dos esforços, identifique o que está de fato funcionando e veja como potencializar, eliminando o que não está contribuindo para conversões.

Adotando essa teoria em estratégias de marketing de conteúdo, o primeiro passo seria identificar os canais que mais geram resultados – sites, blogs ou redes sociais – e focar a sua produção de conteúdo nas plataformas que mais geram engajamento ou leads.

O mesmo vale para a produção de conteúdos publicitários. A escolha de formatos, temas e palavras-chave para artigos, postagens e vídeos deve ser preferencialmente alinhada com interesses específicos dos 20% do seu público que mais gera resultados para a empresa.

No negócios, o Princípio de Pareto tem por objetivo contribuir para gerenciar os recursos da forma mais inteligente possível, concentrando os esforços e o tempo dos seus gestores e colaboradores em pontos-chave e grande parte dos investimentos (tanto financeiros quanto de tempo) nos 20% responsáveis pelos 80% de resultados.

Contudo, é preciso frisar que o Princípio de Pareto não é uma ciência exata e não trabalha com uma relação incontestável.

Ou seja, a porcentagem não precisa ser exatamente 80% e 20%, mas servem como parâmetro para tomada de decisão, pois o ensinamento básico é que uma parte pequena das causas tem um efeito extremamente grande.

Cuidados para Aplicar o Princípio de Pareto no Marketing

Conforme Richard Koch, consultor de gestão britânico, o Princípio de Pareto pode – e deveria – ser usado por toda pessoa inteligente em seu cotidiano, e por toda organização, grupo social e forma da sociedade.

É um conceito que ajuda os indivíduos e os grupos a obterem muito mais com muito menos esforço.

Quando conceituamos o Princípio de Pareto com a relação 80/20, queremos expressar, na prática, que às vezes o maior número de problemas ressalta em pouco prejuízo, pois são irrelevantes, triviais.

E o menor número de problemas acumulados podem gerar perdas maiores, adotadas com pouco vitais. No entanto, é preciso ter cautela com a sua aplicação. Confira as nossas dicas!

Entenda a Realidade da Empresa

Além do que abordamos anteriormente sobre o Princípio de Pareto não ser uma ciência exata, a teoria trabalha com tendências e previsões, e por isso nem sempre a proporção 80/20 terá a clareza necessária para as tomadas de decisão.

Como se trata de uma ferramenta relativamente simples, é importante que ela seja sustentada por informações reais e aplicáveis do seu próprio projeto ou negócio. Tenha o cuidado de sempre aplicar a técnica à sua realidade.

Conheça o seu Público

Conhecer bem o público é fundamental para qualquer negócio e qualquer bom êxito na aplicação de ferramentas de gestão.

Tendo em mente que 20% do seu público são os que mais geram resultados para a empresa, é fundamental conhecer quem são esses 20% e como melhorar seu engajamento com a marca.

Logo, o Princípio de Pareto nos auxilia a revisar processos e estratégias para otimizar a gestão de tempo e recursos, atividades e ações desnecessárias.

Entenda a Variabilidade de Mercado

Mesmo estando ciente de que nossos 20% de esforço geram 80% dos resultados, isso não quer dizer que os primeiros 80% devam, necessariamente, ser negligenciados.

Por isso, é importante não tomar a decisão apenas com uma única ferramenta e que outros fatores sejam analisados também.

Uma base de clientes, por exemplo, pode esconder compradores silenciosos de alto volume que, por alguma razão particular, só compram entre largos intervalos, resultando na sazonalidade do mercado.

Conte com a expertise da Pareto para otimizar o seu marketing, são mais de 15 mil clientes em 84 países atendidos com o nosso software, entre em contato e peça uma demonstração gratuita da plataforma.

Banner de publicidade

Aprenda Mais Sobre Marketing na Comunidade Pareto

Como você pode notar, o Princípio de Pareto é uma ferramenta extremamente eficaz com suas aplicações nos negócios e, principalmente, no marketing. Porém, ela também pode ser aplicada na vida pessoal.

Rapidamente, imagine que você tenha dez tarefas a serem realizadas no seu dia e que se você fizesse somente duas delas, você traria 80% do resultado esperado.

O mais comum de acontecer é deixar as duas tarefas por último por serem mais difíceis. Com isso, a proposta do Princípio de Pareto é começar justamente pelas atividades que trazem mais resultado.

A Pareto, assim como o Princípio de Pareto, quer contribuir no seu desenvolvimento profissional e pessoal.

Diante da missão de “Reumanizar Pessoas e Robotizar Processos”, queremos impactar também na sua formação e te ensinar aqueles 20% do conteúdo que equivalem a 80% do sucesso profissional.

Por isso, te convidamos a conhecer a Comunidade Pareto, plataforma de educação que contribui para a qualificação profissional, tanto em soft skills quanto em hard skills.

Na Comunidade, você encontra séries variadas para acelerar a sua vida profissional, como Liderança, Business, Marketing, Vendas, Saúde Mental entre outras. 

Toda semana são lançados novos episódios e tem mais, o conteúdo está disponível em formato de Podcast para que você possa assistir de onde quiser. Aproveite 30 dias grátis!